Terapia da Fala

Qual a atividade do terapeuta da fala?

O Terapeuta da Fala pode intervir desde os primeiros dias de vida até à terceira idade.

É responsável pela prevenção, avaliação, intervenção e estudo cientifico de áreas como: Comunicação, Linguagem, Voz, Disfluência, Deglutição, Motricidade oro-facial, Leitura e Escrita e Articulação.

Áreas da Terapia da Fala

comunicação

Comunicação

Dificuldades na interação com os outros

terapia da fala e linguagem

Linguagem

Compreensão e expressão

voz

Voz

Rouquidão, disfonia, afonia

gaguez

Disfluência

Bloqueio, repetição, gaguez

deglutição

Deglutição

Dificuldade em engolir, dificuldades em mastigar, engasgar frequente

terapia da fala e disfluência

Motricidade Oro-facial

Movimentos alterados, dor e desconforto, maus hábitos orais

terapia da fala

Leitura e Escrita

Erros ortográficos, dificuldades em ler

falar voz

Articulação

Omissão/troca de sons

A importância do Terapeuta da Fala

Ser fonoaudiólogo é ouvir uma lágrima, articular uma emoção, vocalizar um desejo, ler a alma, escrever um sorriso. Enfim... Ajudar a expressar o que o homem tem de humano...”

Mara Behlau

terapia da fala

Terapia da Fala

“O Terapeuta da Fala preocupa-se com a comunicação e com a linguagem, tratando todas as perturbações da fala, voz e língua em crianças, adolescentes, adultos e idosos tendo em consideração a sua etiologia. É o profissional responsável pela prevenção, avaliação, tratamento e estudo científico da comunicação humana e perturbações associadas. Neste contexto, a comunicação abrange todos os processos relacionados com a compreensão e produção da linguagem escrita e falada, assim como todas as formas de comunicação não-verbal.”

 

Comité Permanente de Ligação dos Terapeutas da Fala da União Europeia (CPLOL, 1994)